850 km de praias esplêndidas banhadas pelo Oceano Atlântico

Em Portugal destacam-se as praias do Algarve, no sul do país, conhecidas pelas suas temperaturas quentes, águas cristalinas, areia macia, com belas falésias e formações rochosas.

Algumas das praias mais emblemáticas são no Algarve, numa área conhecida como Costa de Ouro, derivado da cor amarela/ouro das rochas que cercam esta praia. Está protegida do vento e tem águas calmas e limpas. Situa-se entre falésias rochosas e é um bom local para a prática de mergulho para observar fauna e flora marinha. Dentro da água, com óculos de mergulho e barbatanas, descobrem-se cores diferentes: algas, estrelas do mar, ouriços do mar, camarão ou pequenos peixes preenchem os blocos rochosos submersos. E do pequeno miradouro, a que se chega a partir do acesso à praia, é possível apreciar as curiosas formações rochosas carbonatadas esculpidas pela água doce e salgada: ravinas, grutas, restos de grutas e cavernas.

Mas a costa portuguesa tem uma extensão de 943 km em Portugal continental, 667 km nos Açores e 250 km na Madeira. Muito por onde escolher, seja em Cascais, a 30 km da capital Lisboa, em Porto Santo (Madeira), na Nazaré – conhecida mundialmente pelas ondas gigantes para surfistas – todas estas praias estão a revelar-se ao mundo a cada dia que passa.

 

navigate_before
navigate_next

 

Serras e parques naturais de beleza exuberante

Num pequeno território, Portugal concentra paisagens e espécies tão variadas que tornam qualquer viagem, não importa quão pequena, num prazer de descoberta.

Das montanhas imponentes às vastas planícies e à costa recortada banhada pelo impetuoso oceano, o país tem um pouco de tudo.

Antes de Sintra não existia a categoria Paisagem Cultural, uma vez que foi criada pela UNESCO para distinguir uma serra e um parque natural de beleza exuberante, salpicados com palácios e quintas cheios de história e cultura.
E ainda há as ilhas da Madeira e dos Açores, oásis de calma e tranquilidade no Atlântico, com uma vegetação luxuriante, vulcões extintos e cavernas cheias de esculturas naturais.

 

navigate_before
navigate_next